Loading...

Translate

Loading...

Pages

9 de ago de 2011

PEC 300 uma valorização profissional, um reconhecimento, não um ato de caridade.

Centenas de policias militares e bombeiros chegaram a BRASÍLIA dia 09/08/2011, na tentativa de mais uma vez sensibilizar o CONGRESSO NACIONAL a votar a PEC 300, UM PROJETO DE EMENDA CONSTITUCIONAL que equipara os salários de todos os POLICIAIS MILITARES E BOMBEIROS DO BRASIL.




caros leitores, fica difícil entendermos nossos digníssimos políticos, hoje com desculpas esfarrapadas, alegam que não é possível a equiparação nacional dos salários de policias e bombeiros, pois aumentariam os gastos do governo, e poderia trazer conseqüências terríveis para nossa economia.

Agora me digam os mesmos deputados que alegam isso, votaram um aumento de mais de 100% em seus salários, em uma votação com portas fechadas, sem oposição, uma verdadeira demonstração de união em pró dos seus próprios bolsos.





Enquanto isso policiais e bombeiros militares de todo BRASIL, ARISCAM A PRÓPRIA VIDA EM PRÓ DA POPULAÇÃO, mais tais atitudes heróicas, pelos GOVERNOS a cada dia dá-se menos importância.



NÃO PODEMOS DEIXAR DE RESALTAR ALGUNS FATOS AINDA BEM
RECENTES.


Mesmo com salários baixos e péssimas condições de trabalho, numa demonstração de

dedicação e profissionalismo, devolvem a liberdade da comunidade "COMPLEXO DO

ALEMÃO" que a muito não sabia o que era ser livre.












Foi mostrado ao vivo por todas as emissoras de televisão,

POLICIAIS INVADEM O COMPLEXO DO ALEMÃO E ESPULSAM BANDIDOS FORTEMENTE ARMADOS.












Policial orgulhoso exibe a bandeira do BRASIL, NO ALTO DO COMPLEXO DO ALEMÃO, depois de tomar dos traficantes o controle da comunidade.





Bombeiro se emociona com a tragédia de santa Catarina, "preciso chegar em casa e dar um forte abraço em minha família, dizer-lhes que os amo muito, pois posso sair de casa para trabalhar e não mais voltar".





Bombeiros também virão vítimas dos deslizamentos em santa Catarina, é removido o
corpo de um soldado dos bombeiros que foi soterrado enquanto tentava salvar uma família entre os escombros.








ARRISCAMOS NOSSAS VIDAS PARA PROTEGER A SUA...


AMA TEUS FILHOS PÁTRIA MÃE GENTIL...










Tenho dito,


Beto Nazário


0 comentários:

POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio