Loading...

Translate

Loading...

Pages

25 de jun de 2012

POLICIAL É MORTO EM FESTA JUNINA NO BAIRRO DAS QUINTAS EM NATAL/RN


Acs PM RN

25/06/2012 - Policial militar é morto a tiros no bairro das Quintas

 Um policial militar lotado na 3º CIA do 9º Batalhão foi assassinado na noite deste domingo (24), no bairro das Quintas, zona Oeste de Natal. Roberto Alves de Freitas, que estava de folga, sofreu tiros nas costas quando participava de uma festa junina nas proximidades do grupamento dos fuzileiros navais.

De acordo com o coronel Santos, comandante do 9º Batalhão, o fato ocorreu por volta das 23h, no momento que o policial voltava para o evento, depois de ter deixado a mulher em casa. “Ele estava ainda dentro do carro quando foi surpreendido por homens armados. Houve reação, mas infelizmente ele não teve chance”, declarou.

Dois outros policiais foram ao local para atender a ocorrência e acabaram sendo atingidos por tiros. Jair Edson Lima, também lotado no Batalhão, sofreu tiros na mão, ombro e na boca e Luiz Eduardo da Cunha foi atingido no maxilar. Os dois foram levados as pressas para o pronto socorro Clóvis Sarinho e segundo o serviço social da unidade hospitalar, não correm risco de morte.

Logo após o fato dezenas de viaturas realizaram uma varredura no local na tentativa de identificar os autores dos disparos, que fugiram rapidamente. No entanto, de acordo com informações extra-oficiais, um homem foi socorrido no mesmo hospital com ferimentos provocados por tiros. A polícia esta investigando se o suspeito participou do atentado e do homicídio.

Ainda segundo o coronel Santos, as razões as quais motivaram o crime ainda são desconhecidas. A polícia civil abrirá inquérito para apurar os fatos.

Temos visto a crescente violência nas ruas de nossa capital, e agora não bastando a sociedade correr risco de vida, até o próprio Estado se ver em situação delicada, visto que tem crescido assustadoramente a insegurança, onde até os próprios policiais são vítimas das investidas criminosas de bandidos em nosso dia a dia.


O aviso estar sendo dado a nossas autoridades, e todos nós passamos a ser vítimas impotênciais diante da fragilidade e precariedade de nossa Segurança Pública, o que vem acontecendo nas grandes capitais de nosso país tem que nos servir de alerta, pois "o mal só impera quando o bem abre mão de seu espaço".

Tenho dito,

Beto Nazário


                                                              
                                                 
                                                    Natal, 06:20hs, segunda feira 25/06/2012hare on orkut

0 comentários:

POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio