Loading...

Translate

Loading...

Pages

31 de jul de 2012

COPA DO MUNDO PRESTES A COMEÇAR E GOVERNO DO RN NÃO VER PERSPECTIVA DO AUMENTO DE EFETIVO POLICIAL

Cidades
Edição de terça-feira, 31 de julho de 2012 
Copa sem reforço policial
Dificuldades financeiras e falta de tempo para formação empacam concursos para segurança pública
Paulo de Sousa
Erta Souza

Entre os legados possíveis da realização da Copa do Mundo de 2014 na cidade, a população de Natal esperava que houvesse investimentos para aumentar o efetivo policial. No entanto, até então não foram anunciados concursos para a área da Segurança Pública pelo Governo do Estado. O secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Aldair da Rocha, admite que não há previsão da realização de novas seleções para a área pelo fato das finanças do executivo estadual estarem ainda no limite prudencial. Entidades representativas dos policiais reclamam que o efetivo atual é insuficiente e alertam para a impossibilidade de formar novos agentes de segurança por falta de tempo hábil. Governo já estuda pedir reforço de policiamento a outros estados durante o evento.


Sem perspectiva de novas seleções, governo estadual estuda pedir ajuda da Força Nacional ou pagar diárias operacionais. Foto: Eduardo Maia/DN/D.A Press
O soldado PM Roberto Fernandes, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar (ACSPM) chama a atenção para o fato de o efetivo da corporação, previsto em lei, ser de 14 mil policiais, mas que existem apenas cerca de 10 mil atualmente. Para ele, o simples preenchimento das vagas previstas já seria o suficiente para atender a demanda da Copa em Natal. "Mas não estamos vendo iniciativas para a abertura de concursos. Dessa forma vão acabar sobrecarregando o efetivo, tendo de trazer gente do interior do estado".

O tenente-coronel Zacarias Mendonça, presidente da Associação dos Oficiais da PM/RN, destaca ainda para a possibilidade de não haver tenentes suficientes para coordenar as equipes de policiamento durante o evento. "Se as progressões da nossa Polícia acontecerem dentro do previsto, ao chegar na data da Copa, contaremos com 20 tenentes apenas em todo o estado. E policiais nessa patente são essenciais no trabalho operacional, pois são aqueles que atuam direto no policiamento". O problema, segundo Mendonça, é o fato de o curso de formação de tenentes durar três anos, ou seja, não há mais tempo hábil para formá-los.

O mesmo problema de formação de policiais pode acontecer para os soldados, segundo Roberto Fernandes. A média nos últimos anos é de se formar mil a cada seis meses. Assim, também não atingiria o ideal até a Copa. "Pode-se aumentar as turmas, mas isso não seria interessante. Porque a qualidade da formação seria pior, pois é preciso um número menor de alunos por turma para ter um melhor acompanhamento e, então, formar profissionais melhores para atender a população".

A situação da Polícia Civil é ainda pior, segundo o agente Djair Oliveira, presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN). Sua opinião é a de que o necessário para a Copa também seria cumprir o que está previsto em lei, ou seja, um efetivo de 4 mil policiais. "Isso é o que daria para amenizar a situação". Contudo, atualmente só existem cerca 1.300 policiais civis, conforme Djair. O presidente do Sinpol explica que formação de novos policiais também fica prejudicada, pois o governo ainda tem cerca de 400 que esperam ser nomeados e outras 300 pessoas aprovadas no último concurso ainda para fazer o curso de formação."Só então é que se poderia fazer um novo certame".

Efetivo enxutoO quantitativo do reforço policial necessário para a Copa, nas contas de Aldair da Rocha, é mais "enxuto" que o repassado pelos sindicatos. Segundo ele, bastaria um reforço diário de 1.500 policiais militares e 300 civis nas proximidades da Arena das Dunas. Mesmo assim, ele afirma que o planejamento para garantir esse reforço não está sendo feito pensando-se em novos concursos, mas usar o efetivo que já existe. O secretário ressalta que novos certames não estão sendo autorizados pelo governo devido o limite prudencial com a folha de pagamento de pessoal. "Diante do difícil quadro que o Estado se encontra, fica difícil se pensar nisso, pois ficamos dependendo do desenrolar do orçamento para abrir concursos".

Dessa forma, as alternativas que estão sendo estudadas pelo governo será a convocação de policiais de folga com pagamento de diárias operacionais, tal como é feito no Carnatal. Outra opção é, segundo Aldair da Rocha, o pedido de reforço deefetivo de estados que não terão jogos da Copa, tal como é feito com a Força Nacional. "Essa é uma alternativa que está sendo discutida com o governo federal. E não haverá maiores custos para o estado, uma vez que, como na Força Nacional, tudo deve ser pago pelo governo federal".

26 de jul de 2012

A FICÇÃO ENTORPECE E IMPULSIONA A VIDA REAL

O mundo vive um momento maléfico. A sociedade vem tomando rumos tendenciosos e a valorização da vida vem sendo colocada em segundo plano. É comum nos meios de comunicação escutarmos noticiários de jovens assassinando em nome da ficção, tendo como base o mundo dourado de HOLLYWOOD. Impulsionados pela tecnologia do mal, em que banalizam a morte e os efeitos especiais a deixam simplesmente mais atraente, com roupagem bem mais envolvente.

Os filmes, em Hoollywood, a indústria macabra cinematográfica, estão dando características diferentes às tragédias, as colocando em versos e prosas na mais impura sensibilidade moral, coagindo nossos filhos ao sortilégio, encarando o errado como base do que é certo.


Há pouco tempo um jovem alienado pelos efeitos danosos de "Hoollywood", entra em um cinema numa cidade dos Estados Unidos, durante o lançamento do filme "Batmam o Cavalheiro das Trevas", empunhando em uma das mãos um fuzil AK-47 e, na outra, uma pistola automática de uso restrito das forças armadas e atira impiedosamente contra as pessoas que ali estavam, deixando entre crianças jovens e adultos 12 mortos e 59 feridos.



 E acreditem, pois a causa maior para essa tragédia segundo o jovem, seria uma ordem que recebeu do Coringa, inimigo cruel do Batmam no filme.


Aonde que vamos parar com tanta violência? A Ganância e o Desamor vêm entorpercendo o mundo, e os mocinhos estão morrendo no filme real de nossas vidas.


Tenho dito,

Beto Nazário.


24 de jul de 2012

Governadora Rosalba parabeniza Polícia pelo resgate de Porcino Segundo


Publicação: 24/07/2012 15:16 Atualização:

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Governadora Rosalba Ciarline parabeniza policias Militares e Civil
A Governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, parabenizou toda a equipe da Segurança Pública do Estado envolvidos na operação para desvendar o sequestro do jovem Porcino Segundo, que resultou numa missão eficaz da polícia. 




“Trabalhos como esse reforçam a importância do investimento contínuo em inteligência e em trabalhos cooperados das polícias civil e militar. Como mãe estou feliz pelo retorno ao convívio familiar do jovem Popó e agradeço a Deus pela manutenção da vida”, disse a gestora.

Os detalhes do caso serão repassados à imprensa durante coletiva de imprensa hoje (24/07) a partir das 16 horas, na Secretaria de Segurança (SESED). O filho do empresário mossoroense Porcino Junior, Porcino Segundo, de 19 anos, mais conhecido como “Popó” havia sido sequestrado no último dia 16 de junho.

O estouro do cativeiro e resgate da vítima foi fruto de uma ação realizada por policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), sob o comando da delegada Sheila Freitas juntamente com o serviço de inteligência da SESED e a Polícia Militar.
Fonte:DIÁRIODENATAL.COM.BR
Com uma Segurança Pública de qualidade chegaremos bem mais longe, e a Governadora Rosalba Ciarline tem razão quando se refere elogiosamente a nossa força policial.

"PARABÉNS A TODOS QUE FAZEM A SECRETARIA  DE SEGURANÇA PÚBLICA".

Tenho dito,


Beto Nazário.

O CRIME LITERALMENTE NÃO COMPENSA, SÃO O QUE DIZEM ESTATÍSTICAS DOS CRIMES PRATICADOS NO RIO GRANDE DO NORTE

"Bandido é morto após assalto aos Correios no bairro de Lagoa Nova".


Publicação: 24/07/2012 15:55 Atualização: 24/07/2012 15:59

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Um criminoso ainda não identificado morreu no início da tarde desta terça-feira após ser baleado quando fugia de um assalto na agência dos Correios, em Lagoa Nova.
De acordo com informações do sub-tenente PM Agostinho, por volta das 14h, dois homens teriam praticado o assalto nos Correios que fica no cruzamento das avenidas Jaguarari com Tororós, em Lagoa Nova.

Um homem ainda não identificado que estava armado disparou um tiro que atingiu o criminoso que fugia na garupa da moto com o cúmplice em uma moto tipo Traxx.

No cruzamento da Jaguarari com a Bernardo Vieira, o criminoso caiu e foi pego por populares, enquanto o outro fugiu. O Samu foi ao local, mas o assaltante já estava morto.
Tags: celular


"A violência desordenada em Natal/RN tem alguns dados interessantes a serem levados em consideração. Quase todos os crimes praticados em Natal tem desfecho positivo para as polícias de nosso Estado, são inúmeros os bandidos que são presos ou perdem as vidas nas tentivas frustradas em suas ações criminosas em terras potiguares".

Apesar do crescimento significativo da violência em nosso Estado, devemos reconhecer o empenho de nossas polícias "MILITAR E CIVIL", que tem mostrado aos bandidos que aqui no RN o caldo é bem mais quente do que eles imaginam.


Tenho dito,


 Beto Nazário 

17 de jul de 2012

MP acusa cinco da Operação Assepsia

Publicação: 17 de Julho de 2012 às 00:00hs

Isaac Lira - repórter

Cinco das oito pessoas detidas durante a Operação Assepsia, que investiga fraudes na contratação de organizações sociais para gerir unidades de saúde em Natal, já foram denunciadas pelo Ministério Público Estadual. O MPE enviou à Justiça na semana passada duas ações penais, cada uma contra três pessoas. Como a ação corre em segredo de justiça, os promotores do patrimônio público disseram não poder dar informações sobre o conteúdo do procedimento.
Aldair DantasAlexandre Magno está detido na sede do Comando da Polícia MilitarAlexandre Magno está detido na sede do Comando da Polícia Militar

As denúncias foram enviadas no último dia 11. No processo de número 01255525-40.2012.8. 20.0001 são acusados Alexandre Magno Alves de Souza, Rosimar Gomes Bravo e Oliveira e Antonio Carlos de Oliveira Júnior. Já no processo  0125526-25.2012.8. 20.0001, além de Rosimar Gomes Bravo e Oliveira,  são acusados Thiago Barbosa Trindade e Tufi Soares Meres. Segundo informações dos processos, as acusação giram em torno do crime de "corrupção passiva". Uma decisão da 7a. Vara Criminal foi registrada na última sexta-feira, mas não há informações no sistema da Justiça sobre o seu conteúdo. Nas ações propostas, o ex-secretário Antonio Luna não está incluído.

A partir de agora, os cinco personagens denunciados pelo Ministério Público Estadual deixam de ser suspeitos para se tornarem acusados. Segundo a Assessoria de Comunicação do MPE, os fatos relatados nos dois processos ainda não são as denúncias principais envolvendo as supostas fraudes da Operação Assepsia e ressaltou que não há data definida para a entrega do processo principal à Justiça.

As informações oficiais dão conta de que, a respeito das fraudes nos contratos dentro da Secretaria Municipal de Saúde, haverá três processos distintos: um para a suposta fraude de contratação do Instituto Pernambucano de Assistência e Saúde (Ipas) para a gestão da Upa de Pajuçara; outro para a contratação do ITCI, que geriu o programa da dengue em Natal; e o último para a contratação da Marca para gerir a UPA de Pajuçara e os ambulatórios médicos especializados.

INVESTIGAÇÃO

As investigações do Ministério Público Estadual sobre as atividades das organizações sociais junto ao Município de Natal apontam para a suspeita da prática de pelo menos oito crimes: peculato, corrupção passiva, advocacia administrativa, corrupção ativa, quadrilha, falsidade ideológica, uso de documento falso e fraude aos procedimentos licitatórios. 

Há fortes indícios, segundo o MPE, de que a escolha e a contratação das entidades investigadas se deu de forma irregular, sem licitação e a partir de prévio acordo entre empresários e gestores públicos.

Na decisão judicial que determinou a prisão dos acusados, ainda no fim do último mês de junho, o juiz da 7a. Vara Criminal, José Armando Ponte, se pronunciou de forma contundente a respeito dos indícios apresentados pelos promotores na investigação. Em vários momentos, o magistrado, mesmo fazendo a ressalva de que não há pré-julgamento, afirma que os indícios são muito fortes. "Sinto-me compelido a concluir que são fartos, abundantes, incisivos, e até mesmo exagerados, os indícios que apontam para o desvio de recursos públicos por meio dos contratos com as organizações sociais", afirma o juiz.

RECURSOS

Além disso, as prestações de contas do Ipas, do ITCI e da Marca na gestão das unidades de saúde supostamente contém superfaturamentos, notas fiscais falsas e suspeitas. Segundo o procurador geral de Justiça, Manoel Onofre Neto, foram bloqueados, segundo determinação da Justiça, R$ 22 milhões das empresas e pessoas  investigadas referentes a prestações de contas suspeitas coletadas pelos promotores do Patrimônio Público, que vem investigando o caso desde março do ano passado. Esse valor corresponde a cerca de 30% dos R$ 65 milhões que todos os contratos com O.S.s movimentou.

Procurador preso presta depoimento a promotores

Após mais de 15 dias preso no quartel do Comando da PM, o procurador municipal Alexandre Magno de Souza Alves prestou depoimento ontem ao Ministério Público Estadual. Foi a primeira vez que Alexandre falou com a promotoria do Patrimônio Público, responsável pela investigação. Como o processo corre em segredo de justiça, promotores e advogados, além do próprio Alexandre, não deram informações sobre o conteúdo do depoimento.

O procurador saiu do Comando da PM pouco antes das 16h.  Quatro policiais militares, do Batalhão de Choque, foram os responsáveis pelo trânsito do acusado desde o quartel até a sede da promotoria do Patrimônio Público. Ao chegar ao MPE, Alexandre Magno disse que não daria nenhuma declaração porque ainda está preso. "Só vou falar quando for solto", disse. Depois, o procurador seguiu para prestar informações ao promotor Emanuel Dhayan.

O depoimento durou cerca de 40 minutos. Na saída, Alexandre Magno disse que não poderia entrar em detalhes sobre a conversa com o promotor, por conta do segredo de justiça que envolve todos os processos aos quais responde. "Não posso falar por conta do segredo de justiça", disse. De acordo com fontes, o depoimento já havia sido marcado anteriormente pelo menos duas vezes, sendo continuamente adiado.

Alexandre Magno de Souza Alves é tratado na investigação do MPE como membro do núcleo que articulou as supostas fraudes na contratação das O.S.s. Embora não estivesse cedido à Secretaria Municipal de Saúde, o procurador tinha, segundo a investigação, livre acesso ao então secretário de Saúde, Thiago Trindade, de quem seria uma espécie de "mentor". Alexandre também foi cedido para a Secretaria Estadual de Saúde, onde, pouco depois, uma das entidades investigadas (Associação Marca) foi contratada.

O trâmite burocrático que possibilitou a contratação das Organizações Sociais também foi, de acordo com os dados coletados e divulgados pelo Ministério Público Estadual, arquitetado por Alexandre Magno Alves. É atribuído ao procurador e ao ex-secretário de Saúde o direcionamento da contratação dessas organizações sociais.

Também é atribuído pelo MPE a ele o recebimento de supostas vantagens indevidas, como pagamento de uma dívida com hotel no Rio de Janeiro e a contratação de uma empresa para realizar Assessoria de Comunicação para a Marca supostamente ligada ao procurador.

Denúncias resultaram na prisão de oito

A gestão de unidades de saúde por O.S.s em Natal está sob suspeita desde que o Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Natal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), deflagrou no último dia 28 de junho, a Operação Assepsia, que investiga a contratação de supostas organizações sociais pelo Município de Natal, com atuação na área da saúde pública.

Ao todo, oito mandados de prisão foram expedidos. Estão entre os presos o secretário de Planejamento de Natal, Antônio Luna, e o ex-secretário de Saúde Thiago Trindade. Até o momento, somente dois estão foragidos: o procurador do município Alexandre Magno Alves de Souza (que informou que vai se entregar) e o empresário Tufi Soares Meres, que estaria no Rio de Janeiro.

Dentre os presos, Alexandre Magno de Souza é o único ainda em preso em Natal. No Rio de Janeiro, Rose Bravo e Antonio Carlos Júnior, dirigentes da Marca, também estão presos. O ex-secretário de Planejamento Antonio Luna, Thiago Trindade e o ex-coordenador financeiro,  Francisco de Assis Rocha, foram soltos pela Justiça.

Quem é quem

A função de cada um dos denunciados está relatada na petição do MPE. Essa é, segundo o MP, o papel dos denunciados no suposto esquema, o que possibilitou a Operação Assepsia. Além de Alexandre Magno de Souza, são esses os denunciados:

Tufi Soares Meres

É tratado como uma espécie de "sócio oculto" da Marca, o responsável por fazer a ponte entre a dita OS e a Secretaria Municipal de Saúde. Na petição do MPE, Tufi Meres é chamado de "chefe da organização criminosa". Próximo a Thiago Trindade e Alexandre Magno, ele supostamente articulou e discutiu os termos do contrato com a Marca com a SMS. Depois de oficializar o contrato, teria utilizado empresas de parentes e de pessoas ligadas a ele para prestar serviços à Marca na gestão das unidades de saúde.

Rosimar Gomes Bravo

É tratada como a fundadora da Marca, embora oficialmente Mônica Simões Araújo seja a responsável pela OS. Dentro do suposto esquema, é considerada a pessoa que gerenciava e executava as diretrizes traçadas por Tufi Soares Meres.

Thiago Barbosa Trindade

Segundo informações da petição do MPE, o suposto esquema de fraude passou a ser operado após a chegada do ex-secretário seria o marco do início da "sangria de dinheiro" na Secretaria de Saúde. Ele foi o gestor responsável por implementar os primeiros contratos de gestão na SMS, agendando visitas a Organizações Sociais e, segundo a investigação, supostamente direcionando a escolha das entidades que depois passaram a prestar serviços ao Município de Natal.

Antonio Carlos de Oliveira Jr

É marido de Rose Bravo e um dos fundadores da Marca. Repartia os "lucros" da OS com sua esposa. Também era responsável por executar as diretrizes e ordens de Tufi Soares Meres.




fonte: Tribuna do norte.

F Gomes: promotor é contra pedido de liberdade de coronel da PM e advogado


Publicação: 17/07/2012 08:05 Atualização:

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR, com informações de Sidney Silva

O promotor Criminal de Caicó, Geraldo Rufino de Araújo Júnior, deu parecer contrário ao pedido de liberdade provisória formulado em favor de dois dos réus do processo sobre a morte do jornalista F Gomes, o tenente-coronel da PM Marcos Antônio de Jesus Moreira, e o advogado Rivaldo Dantas de Farias. Eles aguardam agora a decisão do juiz criminal Luiz Cândido de Andrade Villaça.

O promotor disse que deu parecer contrário a liberdade dos réus porque entendeu que os requisitos que ensejaram a decretação das prisões ainda não foram cessados, entre eles a garantia da ordem pública.

Os réus estão presos a pedido da Delegada Sheila Maria Freitas, diretora da Divisão Especializada na Investigação e Combate ao Crime Organizado – DEICOR.

Na investigação, foi apurado que houve um “consórcio” montado para dar cabo da vida do jornalista F Gomes.

CASAL GEORGE LEAL E CARLA UBARANA DETÉM IMAGENS DE UMA POSSÍVEL TENTATIVA DE INVASÃO DE SUA RESIDÊNCIA

Casal Ubarana detém imagens da tentativa de invasão à sua residência

Publicação: 17/07/2012 07:35 Atualização:
De Moisés Lima e Sérgio Henrique Santos, para o Diário de Natal

casal George Leal e Carla Ubarana  detém imagens da tentativa de invasão à sua residência no bairro do Tirol, ocorrido na noite de quinta-feira passada. De acordo com Leal, que falou por telefone ao Diário de Natal, a casa tem cerca de 12 câmaras instaladas que detectaram a presença e a ação dos bandidos que chegaram a subir no telhado e cortar a energia. Ainda ontem o casal aguardava a chegada de uma equipe da empresa responsável pela segurança da casa para análise do material, com cerca de um minuto, que deverá ser entregue aos advogados.

George Leal acrescentou que durante a invasão os agressores usavam bonés e óculos escuros para não serem identificados e que chegou a sair de casa minutos depois para checar se eles estavam lá. "Ainda cheguei a ver um deles correndo". Perguntado se não temia pela vida, respondeu: "Estou acostumado a isso, não tenho medo de nada".

Segundo ele, há imagens também da movimentação de estranhos na noite anterior invasão. "A câmera captou o rosto de um deles. Acho que ele estava estudando como entrar na casa da gente". George Leal acrescentou que nas duas vezes em que houve tentativas, os boletins de ocorrência foram feitos virtualmente para evitar constrangimentos. "É para evitar tumulto e a presença de vocês da imprensa aqui", acrescentou.

Agressão

Em entrevista ao Diário de Natal, publicada na edição de sábado, 14, o empresário George Leal, confirmou que há cerca de duas semanas Carla Ubarana teria sofrido uma tentativa de esfaqueamento na rua em plena luz do dia. "Isso foi há uns 15 dias. Aconteceu quando ela foi buscar nossa filha de seis anos na escola. Na volta ele a abordou e a ameaçou com uma faca. Ela conseguiu se livrar e fugiu do bandido com a criança". Além do MP, uma cópia do BO foi enviada ao juiz José Armando Ponte, da 7ª Vara Criminal, que cuida do caso. É do juiz a decisão de tomar ou não providências com relação a segurança do casal e de sua família.

A Polícia Militar diz que só agirá sob determinação judicial. "Na verdade estamos falando mais de uma pessoa quenão está mais presa. Na época da prisão domiciliar, houve sim o reforço do Bope. Claro, nós cumpriremos e colocaremos reforço se houver decisão judicial. Mas é preferível que as viaturas atuem nas ruas dando proteção ao cidadão comum do que uma viatura com exclusividade para uma ação como essa", comentou o coronel Francisco Canindé de Araújo, comandante da corporação. George Leal se disse ameaçado: "Não conseguimos levar nossa vida de forma normal".

Advogados não avaliam pedir reforço

Os dois advogados que cuidam da defesa do casal Carla Ubarana e George Leal, João Maria Rodrigues e Marcos Braga, ainda não sabem se irão pedir reforço policial para os réus confessos no esquema de desvios de precatórios, que ganhou do Ministério Público o nome Operação Judas. Na sexta-feira, 13, a defesa do casal esteve na sede da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, que cuida do processo, forneceu cópias dos Boletins de Ocorrências (BOs) registrados na 1ª Delegacia de Polícia, para os promotores analisarem e, caso necessário, tomassem providências. "Não temos como precisar se o atentado tem algo a ver com o caso ou não porque, no caso do evento que aconteceu na rua, parece um assalto comum. Aconteceu quando ela foi buscar a filha no [Instituto] Maria Auxiliadora. O bandido agiu com uma faca, não com um revólver", explicou Marcos Braga.

Para o advogado, a tentativa de invasão à residência é o que mais preocupa. "Tentar invadir a casa deles é mais preocupante, mas igualmente ao assalto na rua, pode ter sido também uma tentativa de assalto. Fizemos o que avaliamos necessário: informamos ao MP. Por enquanto a defesa ainda não chegou a uma conclusão sobre esses atentados. Nada está concreto", comentou. "Mas eles estão sim preocupados com essa situação".

Carla Ubarana se notabilizou por ser uma espécie de arquivo vivo do chamado "Escândalo dos Precatórios". Em seus depoimentos e entrevistas, disse como funcionava os desvios, envolveu dois desembargadores (os já afastados Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro) no esquema e comentou que a verba era utilizada na compra de carros de luxo, viagens à Europa e muitos bens para o casal. Ela chegou a ter proteção policial do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) assim que a prisão provisória foi transformada em domiciliar, em 1º de julho.

O Ministério Público preferiu cautela ao comentar os atentados sofridos por Carla. O promotor Rinaldo Reis, que cuida do caso atualmente, limitou-se a dizer que "os fatos narrados pelo casal Carla e George não influenciam de qualquer formao andamento do processo". O promotor também informou que não vai se opor caso seja solicitado, na justiça, reforço policial aos dois réus. "Não há como afirmar que os fatos relatados pelo casal Carla e George têm qualquer relação com o caso".

16 de jul de 2012

AS RUAS DE NATAL VIRARAM VERDADEIROS LIXÕES, E PREFEITURA DE NATAL DIZ QUE TUDO ESTAR BEM...

Para uma cidade que vai sediar uma Copa do Mundo, a coisa estar feia. 


PRESO EM BUDAPESTE O NAZISTA LASZIO CSATARY 97 ANOS, RESPONSÁVEL POR MAIS DE 15.700 MORTES DE JUDEUS DURANTE SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

15.700 MORTES » Criminoso nazista mais procurado do mundo é encontrado em Budapeste


Publicação: 16/07/2012 07:04 Atualização:

O criminoso nazista mais procurado do mundo, Laszlo Csatary, 97 anos, acusado de cumplicidade na morte de 15.700 judeus durante a Segunda Guerra Mundial, foi encontrado em Budapeste, anunciou neste domingo o diretor do escritório do Centro Wiesenthal em Israel.

"Confirmo que Laszlo Csatary foi identificado em Budapeste", declarou Efraim Zuroff. "O 'The Sun' pôde fotografá-lo e filmá-lo graças a informações que fornecemos em setembro de 2011", acrescentou.

"Há 10 meses, um informante nos deu elementos que nos permitiram localizar Laszlo Csatary em Budapeste. Este informante recebeu US$ 25 mil  que prometemos em troca de informações que permitam encontrar criminosos nazistas", disse Zuroff.

As informações sobre o paradeiro de Csatary foram enviadas em setembro de 2011 à promotoria da capital húngara. O vice-procurador de Budapeste, Jenö Varga, não confirmou a informação, limitando-se a declarar que "existe uma investigação em andamento. A promotoria está estudando as informações recebidas."

Em abril, o Centro Wiesenthal colocou Csatary no topo da lista dos criminosos de guerra mais procurados do mundo. Ele foi chefe da polícia no gueto de Kosice, situado no território da atual Eslováquia, onde 15.700 judeus foram assassinados ou deportados para o campo de extermínio de Auschwitz, Polônia, durante a ocupação alemã da Tchecoslováquia.

Csatary foi condenado à morte à revelia em 1948, por um tribunal tcheco, mas desapareceu misteriosamente após se esconder nas cidades canadenses de Montreal e Toronto. Posteriormente, com uma identidade falsa, dedicou-se a comercializar objetos de arte.

Há cerca de 15 anos, autoridades canadenses descobriram a verdadeira identidade de Csatary, e, por isso, ele voltou a desaparecer, desta vez escondendo-se na Hungria, segundo Zuroff.

Do Estado de Minas



A Justiça tarda mais falha nunca, e o mal feito um dia é reparado...


Tenho dito,


Beto Nazário

A PM FAZENDO SUA PARTE E ESPERANDO QUE O GOVERNO FAÇA O DELE, SUBSÍDIO JÁ


Assu: PM apreende armas de fogo com acusado de violência doméstica

Publicação: 15 de Julho de 2012 às 08:58

Na noite deste sábado (14) policiais militares do Núcleo de Operações Rodoviário Estadual (Nore) realizaram a apreensão de duas armas de fogo com um acusado de agredir a companheira no Município de Assú, região Oeste potiguar, à 210 quilometros de Natal.

Os policiais foram acionados e se deslocaram até o local indicado. Segundo a vítima, o acusado a agrediu, chegando a ameaçá-la com um revólver, que, durante a discussão, a mesma conseguiu retirar.

No local, a polícia encontrou um revólver calibre 38, com capacidade para seis munições, além de uma espingarda desmuniciada.

O acusado, juntamente com o material apreendido, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado por crime de porte de arma ilegal e violência doméstica.


*Fonte: PM

13 de jul de 2012

Responsabilidade e compromisso com a policia militar/RN


Notícias > ACS divulga nota sobre implantação do subsídio da Polícia Militar

Notícias

Acs PM RN

13/07/2012 - ACS divulga nota sobre implantação do subsídio da Polícia Militar

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar divulgou uma nota de esclarecimento sobre a implantação do subsídio da categoria, demostrando total apoio e confiança de que o benefício será realmente apreciado pelo Governo do Estado.

SUBSÍDIO: NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte - ACSPMRN, através de seu Diretor Presidente Executivo, vem a público manifestar a total, incondicional e irrestrita confiança no cumprimento do acordo firmado entre o Governo do Estado e os integrantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar do nosso Estado que visa a implementação do subsídio como modalidade de pagamento dos militares estaduais.

Temos a certeza de que, da forma como os militares estaduais entenderam o momento financeiro delicado pelo qual o Estado passava à época das negociações, o Governo do Estado também saberá dar o devido reconhecimento para com os Policiais e Bombeiros Militares, o que demonstrará o respeito que a Chefe do Executivo tem em relação aos militares estaduais.

Verificamos que nessa véspera de concretização desse sonho dos militares estaduais, o qual foi conseguido com um esforço conjunto entre Governo do Estado, Comandos das Corporações e as entidades representativas dos militares, existem pessoas que com o seu pessimismo tentam difundir informações infundadas que colocariam em questionamento a implantação do subsídio para o pagamento do mês de julho.

Contudo, queremos reafirmar a nossa convicção de que o Governo do Estado realizará a implementação do subsídio para o pagamento desse mês, honrando de forma respeitosa o compromisso firmado com os militares estaduais, e assim sendo, a nossa entidade se sente feliz em ter participado efetivamente dessa negociação vitoriosa.

Por fim, lembramos que o próximo passo a ser dado nessa caminhada da valorização profissional dos militares estaduais será o encaminhamento do plano de carreira das praças, que trará uma melhoria principalmente para os soldados que visam uma ascensão profissional, o que resultará em satisfação para essa categoria, o que será demonstrado através da prestação de um serviço segurança pública cada vez mais eficiente à sociedade potiguar.

Natal, 12 de julho de 2012.

ROBERTO CLEITON CAMPOS FERNANDES – Soldado PM
Diretor Presidente Executivo da ACS-PM/RN

E meio a tanta ansiedade, onde a família Policial Militar espera a tão sonhada remuneração por SUBSÍDIO. Venho aqui de público parabenizar a postura responsável que a Associação de Cabos e Soldados do Rio Grande do Norte (ACSPM/RN) vem tomando ao longo dessa negociação junto ao Governo do Estado, onde o comportamento a as atitudes estão profundamente voltadas ao coletivo.
Tenho dito,
Beto Nazário

12 de jul de 2012

PROFISSIONAIS DO ANONIMATO I.



O Fotógrafo amador Floriosman Barbosa da Rocha, natural de Natal/RN, aqui mesmo das terras potiguar, é um desses profissionais em que o nosso Brasil ousa em querer deixar no anonimato.




Com trabalhos dignos de uma grande exposição, vem se destacando por sua sensibilidade em suas fotos, entre os grandes profissionais da área.




Floriosman Rocha se destacara logo cedo, visto que com apenas um celular, ja mostrava seu talento em encontrar minuciosos detalhes onde poucos perceberiam.



















Realizando exposições em escolas, praças e barzinhos nas noites natalenses, foi incentivado por alguns críticos, a continuar mostrando seus trabalhos, pois os mesmos não poderiam em hipótese alguma ficar longe do conhecimento popular.




Floriosman Rocha como tantos outros amantes do bom trabalho, vem carinhosamente pedindo passagem ao mundo dos cliques.


Todos nós que prestigiamos suas exposições fotográficas, sabemos que essa figura detalhista e muito talentosa, veio mesmo para ficar.




na observance











                                                                        nosy detalhes





ele faz a diferença








ver o inusitado
                                                                      




Caros leitores,

Sentir, Mostrar o que de belo se tem,
É viver, amar, passar o que de belo nós presenciamos...



Tenho dito,


Beto Nazario

9 de jul de 2012

4º BPM ZONA NORTE DE NATAL/RN "100", BANDIDAGEM "0"



Polícia Militar apreende terror da zona Norte pela oitava vez

Adolescente é acusado de ter cometido mais de 30 assaltos.

Por Sérgio Costa

Policiais da Força Tática do 4º Batalhão da Polícia Militar detiveram, na tarde deste domingo (8), um adolescente de 17 anos acusado de ser o assaltante mais atuante da zona Norte da capital do Estado. O jovem foi detido no bairro da Redinha depois de participar de um roubo contra um motoqueiro, no mesmo bairro.

De acordo com o soldado Alan Kardec, o adolescente foi apreendido juntamente com outros dois menores após cometerem um assalto na rua das Agulhas. A vítima chegava na casa da namorada em um motocicleta, quando foi surpreendida pelo trio. Um deles armado com um revólver anunciou o assalto e levou o veículo. A polícia foi chamada e depois de uma busca nas proximidades encontrou os acusados em morro tentando esconder o produto do roubo.



Menor infrator Rato Preto depois de preso por policiais do 4ºBPM / zona norte
“Quando chegamos no local flagramos os adolescentes ainda empurrando a motocicleta e de imediato demos voz de apreensão e conduzimos todos para a delegacia”, disse. Ainda segundo o policial, o acusado de comandar o assalto é conhecido pelo apelido de “Rato Preto”. O rapaz já foi apreendido dezenas de vezes pela PM e consegue fugir das unidades de internação com extrema facilidade.
Na delegacia, o acusado conversou com a reportagem do Portal BO e revelou que já perdeu as contas de quantas vezes escapou da justiça. “Eu saiu mesmo por que nãoo vou ficar perdendo tempo lá dentro enquanto o bom mesmo está aqui fora”, destacou.
Após ser ouvido e autuado pelo delgado Everaldo Lemos Cavalcante, titular da 2º equipe da plantão zona Norte, os jovens foram conduzidos para o CIAD do bairro da Cidade da Esperança, onde ficaram sob a custódia do Estado.


Nos restam agora o reconhecimento por parte do Governo do Estado com o cumprimento da lei de promoção promovendo os policiais sem a precisam do curso de nivelamento, tendo em vista já terem o intertício máximo para serem promovido.

Tenho dito,

Beto Nazário.

A VIOLÊNCIA PROTAGONIZADA POR TORCIDAS ORGANIZADAS FAZ MAIS UMA VÍTIMA NOS ESTÁDIOS DE FUTEBOL

Delegada alagoana diz ter evidências contundentes que levam Ayslan do Nascimento ser considerado o principal suspeito do crime.



torcida máfia vermelha do américa/Natal/RN detidos em Maceió
Um integrante da torcida organizada do América, Máfia Vermelha, foi preso neste domingo (8), em Maceió/AL, acusado de ter matado um torcedor do CRB após a partida no estádio Rei Pelé, na noite do sábado (7), jogo válido pela série B do Campeonato Brasileiro.
Após ouvirem o depoimento de mais de 50 torcedores americanos, os policiais da delegacia de homicídios de capital alagoana apontaram Ayslan Silva do Nascimento, de 21 anos, como autor do disparo que vitimou o torcedor do CRB, Jônatas Daniel dos Santos, de 24 anos.


O jovem foi preso em flagrante, mas a arma usada no crime não foi encontrada.

Ayslan nega que tenha atirado contra a vítima, em entrevista a um jornal alagoano ele contou que no momento em que ouviu o disparo ainda estava saindo do estádio com os instrumentos da bateria da Máfia Vermelha. Versão contestada pela delegada responsável pela investigação, Sheila Carvalho, que disse ter evidências contundentes que levam o Ayslan ser considerado o principal suspeito do crime.

A rua da delegacia onde os americanos prestaram depoimento precisou ser cercada pela Polícia Militar após denúncia de que torcedores do CRB estariam circulando pelas proximidades ameaçando torcedores potiguares. E depois de serem liberados, os ônibus da torcida americana foram escoltados até a saída da cidade.

 fonte: nominuto.com
por Tiago Medeiros


A violência estabilizada dentro dos estádios de futebol nada mais é, que o reflexo da impunidade, em que os cidadãos infratores sempre saem beneficiados em seus crimes, ficando a sociedade a mais penalizada diante desses absurdos.


Tenho dito,

Beto Nazário.

6 de jul de 2012

Após declaração desanimadora do Secretário de Finanças do governo o Cabo PM Jeoás e a ACS PM/RN se reúne com comando da Polícia Militar


 Depois das declarações desanimadora do Secretário de Finanças do Governo, onde o mesmo afirmava ter dificuldades para cumprir o acordo da lei de subsídio com os Policiais Militares, o cabo PM Jeoás e a ACS PM/RN se reuniu em carater de urgência com o comandante da Polícia Militar Cel. Araújo, e pediu informações sobre as declarações.

O Comandante foi direto ao afirmar aos representantes da ACS PM/RN que recebeu garantias do Governo no tocante ao acordo firmado junto a Polícia Militar.

Por mais que falem os pessimistas, acreditamos fielmente no cumprimento do acordo da lei de SUBSÍDIO firmado pelo Governo do Estado junto a nossa gloriosa Polícia Militar.


Tenho dito,


Beto Nazário.


POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio