Loading...

Translate

Loading...

Pages

5 de ago de 2013

MARCHA DAS VADIAS, UM ATO PÚBLICO PELA LIBERDADE OU UM MANIFESTO MERAMENTE PRECONCEITUOSO CONTRA DIREITO DE ESCOLHA RELIGIOSA?

·          
·         Garantir a Minha Liberdade Não Me Dar o Direito de Ceifar a Sua.



Os tempos modernos chegaram e de maneira direta exige seu espaço contrariando o comodismo de muitos e trazendo indispensáveis mudanças. Essa Modernidade hoje sai às ruas reivindicando pragmaticamente direitos na condição de parte primordial dentro do contexto Social. Os olhos clínicos do futuro são exigentes e a forma de governo tende a ser moldada pelo povo.

Ser contra posicionamentos exigem-se sempre uma justificativa mais contundente, não basta dizer "não" e sim mostrar porque "não". O Momento é delicado, se pede uma cautela mais aprofundada, onde tenhamos o cuidado de destinar a nós mesmos os questionamentos reconhecendo nossas falhas e apontando detalhes que nos livrem do veneno de nossa própria língua, porque a segregação vem do egoísmo com um único propósito, desagregar separar valores moral, étnicos e religiosos.  




Em seus corpos escritas mostravam a contradição nas palavras de ordem

É preciso ter o cuidado de preservar e respeitar a opinião alheia, procurando agregar ideias, evitando todo tipo de imposição seja ela de cunho religioso cultural ou política. 







Estamos vivenciando dias especiais tendo a oportunidade de participarmos na construção de um futuro melhor mais justo e humanizado, de debatermos questionando e opinando sobre demandas polêmicas como o Aborto, a união homo afetiva, liberdade sexual dentre outras superando barreiras do dia a dia antes deixadas no esquecimento.

·         
imagens de santos da igreja católica foram quebradas em plena rua de copa cabana
Apesar da resistência ao novo e o incômodo da presente sombra da Tirania impiedosa de um passado bem próximo oriundos dos porões do Catolicismo, os novos tempos naturalmente mostram novos horizontes. Dormimos com o conservadorismo moral das Igrejas e acordamos com posicionamentos se não modernos, diferentes de um novo papado. 


Não podemos criticar pela história, AINDA É CEDO,  alguns fatos novos vindo de seu maior líder religioso o então "Papa Francisco" tem deixado no ar prenúncios de uma nova era junto ao Império do Vaticano, surpreendendo o mundo com questionamentos unicamente Cristãos, criticando certos paradigmas da Igreja Católica. O momento é oportuno para estabelecermos a "Tolerância" entre as mais diversas opiniões religiosas.
·           
Nada que ceife a liberdade de expressão ou crença de um povo se respalda perante o próprio povo, infelizmente durante um ato público denominado de "Marcha das Vadias” no Rio de Janeiro onde cerca de mil participantes resolveram protestar legitimamente pedindo punições mais rigorosas a todos aqueles que covardemente cometem crimes contra a mulher e contra a Liberdade. 

O ato foi dentro da Jornada Mundial da Juventude (Encontro com o Papa) nas areias da praia de Copa Cabana onde várias pessoas discriminaram ultrajaram ferindo impiedosamente a dignidade humana exercendo a Intolerância Religiosa como característica principal do movimento.

Vivemos num Estado Laico, onde a imparcialidade vigora e sustenta a não discriminação a qualquer Religião. Infelizmente presenciamos uma verdadeira guerra contra essa liberdade religiosa que é um direito comum a todos.



Algumas Centenas de pessoas que participavam  da Marcha das vadias protagonizaram cenas de sexo explicito, atentado gravíssimo ao pudor onde participantes do "MDV" totalmente despidos, usavam como tapa-sex Crucifixos e como se não bastasse o comportamento, algumas das pessoas gesticulavam encenando uma masturbação com os crucifixos maior símbolo da crença Cristã. Totalizando os absurdos continuaram quebrando imagens Religiosas, uma atitude no mínimo imoral que fere a própria luta colocando em dúvida a idoneidade do movimento  contrariando o Código Penal e a constituição Federal, atos de verdadeiro Preconceito e desrespeito.  


A Lei é para todos e a Intolerância Religiosa é Crime
Justificar atitudes criminosas usando das mesmas artimanhas  dos Tempos negros da Igreja Também chamada de Santo Ofício ou INQUISIÇÃO em hipótese alguma justifica e nos trarão algum benefício. 






Estabelecer um comportamento agressivo como forma de lutar por "Direitos" é paradoxal e no íntimo tão preconceituoso e agressor quanto nossos algozes, na verdade fica-nos a dúvida a quem confiarmos agora, esses que debocham e agridem a liberdade deveriam ser aqueles da tão sonhada "sociedade alternativa", visto que, meus heróis literalmente morreram de overdose e os "Meios para desespero de todos estão Justificando os Fins". 

       Cenas fortes de atentado ao pudor, sem nenhuma preocupação com a nossa lei foram comum na Marcha das Vadias




A nossa Liberdade acaba onde a do próximo começa, e desrespeitar essa regra, não nos deixam melhores que ninguém, e esse comportamento criminoso não pode em hipótese alguma ser o retrato de uma sociedade que exige ser valorizada enquanto ser humano.

Existe um ditado que diz: "CANTAR MODA COM UM REI NA BARRIGA", e as atitudes apelativas, tendo como forma de protesto a agressão, não pode ser referência para se pedir "Justiça",  porque assim cometemos os mesmos erros,  sendo tão carrasco, e cruel, mudando apenas o sujeito que comete a ação. 

Brigamos para garantirmos nosso espaço, numa sociedade culturalmente machista e preconceituosa, mais o espaço pleiteado, nos impõe a obrigação moral e histórica, de garantirmos esse Direito extensivos a todos. 

Não temos uma Religião oficial, temos o que chamamos de "liberdade" de culto e expressão, resguardado por lei. 

Que direito TENHO EU, se não te respeito pelo seu direito?


Ninguém estar acima da lei, os valores estão sendo distorcidos por alguns, "protestar não é agredir e levantar a bandeira por  direitos não nos dar o poder de retirar o DIREITO alheio." Todas as atitudes absurdas devem ser denunciadas por nossa justiça para que não haja impunidade e todos os crimes cometidos contra o povo e a liberdade durante a Marcha das Vadia sejam apurados e responsabilizados a quem de Direito.








A INTOLERÂNCIA é inaceitável há qualquer tempo, seja pela IGREJA nos período da Inquisição ou cometida pela "MARCHA DAS VADIAS" nos dias atuais, o que houve no Rio, foi uma atitude infeliz, literalmente criminosa e irresponsável. 






LIBERDADE AINDA QUE TARDIA...




Beto Nazário


Tenho dito

0 comentários:

POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio