Loading...

Translate

Loading...

Pages

8 de jul de 2015

DR EDIVALDO NASCIMENTO EM ENTREVISTA AO BLOQUEIXAS POPULAR MOSTRA SUA PREOCUPAÇÃO COM O DESTINO DE NÍSIA FLORESTA

Em entrevista concedida ao "Bloqueixas Popular", o Dr. Edivaldo Nascimento mostra que a unica saída para termos dias melhores no município de Nísia Floresta é um investimento urgente, para ontem na Educação, Saúde e Segurança Pública.




Bloqueixas Popular - Dr Edivaldo Nascimento, nesse primeiro contato abordaremos o tema saúde pública. O Sr é médico, filho de Nísia Floresta e ninguém melhor do que sua pessoa para falar sobre as condições do sistema de saúde em nossa cidade. Como o Sr vê as atuais condições da saúde em Nísia Floresta?

Dr. Edivaldo Nascimento -  Olha, sempre acompanhei de perto a situação de nossa cidade, uma vez que sou filho natural daqui, e como Médico infelizmente não vejo nenhum tipo de preocupação e investimento que venha mudar a triste realidade de nossos conterrâneos.  Desde a fundação da cidade nos arrastamos pelo tempo sem nenhum projeto para a nossa saúde vivemos ainda de forma provinciana. Temos uma população com cerca de 25 mil habitantes em Nísia Floresta e até hoje é inadmissível não termos um Hospital Maternidade por aqui. Sem falar que as mulheres de Nísia tem que se locomoverem as pressas quando em trabalho de parto para Natal, São José ou Parnamirim por falta de uma Maternidade em nossa cidade.  Agora eu que lhe pergunto, tem condições uma situação dessa?  Isso é um absurdo sem precedente.

Bloqueixas Popular -  Dr Edivaldo, então, está faltando mesmo é uma politica de investimento na saúde publica por parte da prefeitura?

Dr. Edivaldo -  Hoje todo o Brasil vem sofrendo com a falta de investimentos na saúde pública, acredito que o melhor caminho para tentarmos melhorar a saúde do povo é investir nessa área sem pestanear, a saúde está doente indo de mal a pior.

Bloqueixas Popular -  Dr Edivaldo com uma população com cerca 25 mil habitantes quantas unidades de atendimento médico tem hoje na Cidade de Nísia Floresta?

Dr. Edivaldo Nascimento -  Em Nísia Floresta temos 23 distritos e apenas 12 postos de saúde, que digam-se de passagem, todas em precárias condições para dá um atendimento de qualidade. Tendo em vista, apenas só a metade, cerca de 50% dos distritos são assistidos. Devemos também ressaltar que os atendimentos disponibilizados são os que chamamos de atendimento de consulta, e só existem até o meio dia deixando os populares sem o minimo atendimento médico. Os atendimentos de urgências infelizmente não são atendidos em Nísia Floresta por falta de aparelhamentos médicos.

Bloqueixas Popular -  Dr Edivaldo pelos dados a nós apresentados observamos que a unica solução é uma renovação imediata na administração de Nísia Floresta, tendo em vista que as mudanças que a população está esperando dificilmente irá chegar através dessa atual administração. Temos observado que existem rumores muito forte pedindo que o Sr seja candidato a prefeito nas próximas eleições, isso é verdade? 

Dr. Edivaldo Nascimento -  O futuro só a DEUS pertence.  Como Médico quero fazer o melhor pela saúde do povo, esse foi meu juramento quando me formei. Sendo político ou não vou continuar fazendo o que sempre fiz dentro das minhas limitações atendendo a população, seja de Nísia Floresta ou não.

Bloqueixas Popular -  Mas me diga, o Dr. Edivaldo tem pretensões Políticas?

Dr. Edivaldo Nascimento - Mas uma vez eu insisto, o futuro a DEUS pertence. Sou Médico, e como médico quero só o melhor para a saúde das pessoas.


O Bloqueixas Popular visando unicamente as melhorias da sociedade de Nísia Floresta agradece ao Dr. Edivaldo Nascimento pela belíssima entrevista que humildemente nos concedeu.

O melhor sempre vem consciente e a passos leves, e pelo jeito esse Dr. Edivaldo Nascimento tem muito a dar de bom ao povo de Nísia Floresta.



Tenho Dito, 


Beto Nazário






0 comentários:

POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio