Loading...

Translate

Loading...

Pages

4 de ago de 2015

CASA DE APOIO AO IDOSO JESUS MISERICORDIOSO, UM LAR UNICAMENTE PATROCINADO PELO AMOR


É natural a falta de humanidade nos dias de hoje, onde a caridade é colocada em ultimo plano e o descaso tem sido a regra principal para com quem precisa de imediata ajuda.  


Mais nesses últimos dias tivemos a satisfação de conhecer um diferenciado casal que resiste ferrenhamente a essa regra desumana, trata-se de dona Raimunda das Neves Pereira 60 anos e o Sr Antonio Laurentino Pereira 65, casados, residentes à Av Medelim 1280 Boa Esperança Natal/RN. 







Esse casal ao qual nos referimos á dez anos na data de 24 de setembro de 2002 resolveu por iniciativa própria criar uma casa de amparo a idosos que viviam em condições de maus tratos e dar a eles o amor indispensável a qualquer ser humano para viver sua terceira idade na mais plena felicidade.





O Lar Jesus Misericordioso sediado na Av Medelim 1287, Loteamento Boa Esperança Bairro Lagoa Azul, Natal/RN, hoje acomoda em suas dependências cerca de 50 idosos entre homens e mulheres, trabalhando na sua totalidade.





Sendo uma casa que sobrevive unicamente da renda de alguns idosos, onde se é empregado 70% da aposentadoria de cada um na luta constante de manter o melhor oferecido. 


O Lar Jesus Misericordioso além de viver no limite de suas condições financeiras, tem que manter por determinação do Ministério Público cerca de 30 funcionários entre cozinheiros, enfermeiros, cuidadores, arrumadores, assistente social e um médico chegando ao custo mensal aproximadamente de 25 mil reais.

Dentre esses funcionários, a Prefeitura de Natal na época gestão de Micarla de Souza, em um acordo junto à casa de apoio JM pagaria o salário do Médico e da assistente social e duas enfermeiras, onde cumpriu com o acordo apenas alguns meses, e assim ficando sem pagar o salário desses a mais de um ano dificultando o bom andamento da prestação de serviço desses profissionais.

Mesmo com tanta dificuldade caros leitores a casa de apoio Jesus Misericordioso segue sua nobre missão dando a esses idosos o amor, o companheirismo e a assistência moral para garantindo a todos a certeza de dias melhores.

Obs. Se desejarem ajudar esse lar, seja com colchões, frauda geriátrico ou alimentos, tudo que for dado será bem vindo, visto que, eles "IDOSOS" não têm quem os ajudem.

"Para se fazer algo por alguém resta-nos unicamente o querer fazer, porque de boa intenção o ditado já diz tudo..."

Parabéns dona Raimunda das Neves e seu Antonio Laurentino, 

se existissem em nosso convívio mais dos senhores, a garantia de dias melhores seria certo.



Tenho dito,



Beto Nazário. 




POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio