Loading...

Translate

Loading...

Pages

23 de jun de 2016

INVESTIGAÇÃO A POLICIAIS MILITARES DO RN FAZEM SEUS FAMILIARES PAGAR UM PREÇO MUITO ALTO POR ISSO

Enquanto dormiam, famílias de policiais militares tiveram suas residências arrombadas,  suas dignidades ultrajadas pela Força nacional da Policia Civil e Ministério Publica. 

Segundo se veicula nos meios de comunicação de nosso estado, a Força Nacional da Policia Civil e  o Ministério Publico da cidade de Mossoró, munidos de mandatos de prisão, invadiram ontem nas primeiras horas da manhã casas de Policiais Militares, para garantirem uma determinação judicial.

Um mandato de prisão dever ser respeitado e acima de tudo cumprido como forma de garantir a supremacia do estado, mas nesta ação, os agentes da força nacional da Policia Civil, adentraram nas residências, segundo testemunhas (Familiares) que presenciaram a ação, quebraram portas, danificaram objetos pessoais, ultrajaram o principio da dignidade da pessoa humana, pois famílias crianças e idosos e mães, ainda se encontravam dormindo, quando foram acordados aos gritos e palavrões.

Devemos ressaltar que esses Policiais Militares estão apenas sob investigação, e se encontram sob a condição de acusados, levando também em consideração algumas particularidades, dos mesmos estarem no pleno exercício de suas atribuições funcionais, com endereço fixo e trabalhando em suas respectivas unidades de comando.

Todavia, todos esses PMS poderiam ter sido intimados por ordem de seus comandantes a se apresentarem de maneira espontânea nas suas unidades, tendo em vista ser uma característica, uma condição indispensável a PM, tanto a disciplina como o respeito a uma ordem direta.


Dessa forma, se respeitaria acima de tudo a instituição POLICIAL MILITAR e se poupariam familiares  desse tratamento desumano, desse espetáculo de horrores, desagradável e humilhante, classificados como arbitrários por todos que tomaram conhecimento.

Assim, dentro de um contexto jurídico, devemos analisar tal postura da força nacional da Polícia Civil e Ministério Público do RN, uma vez que, diante dos fatos expostos por testemunhas teve seus excessos, ferindo Princípios Constitucionais garantidos a todos em nossa Carta Magna.







É legal estender aos familiares desses PMS tal situação vexativa e degradante, que fere plenamente os princípios da dignidade da pessoa humana? Uma vez que, qualquer imputação criminal é e deverá ser uma ação personalíssima, tendo em vista, que ninguém pode pagar pelo crime do outro.




Tenho dito,



Beto Nazário










1 comentários:

POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio