Loading...

Translate

Loading...

Pages

20 de set de 2016

COM O 4ºBPM É ASSIM, UMA MÁQUINA DE PRENDER BANDIDOS NA ZONA NORTE DE NATAL/RN

4ºBPM, no comando do Major PM Lisboa, nos últimos dias, realizaram três prisões de peso na zona norte de Natal, retirando das ruas três bandidos já procurados em nossa capital, com mandatos de prisão em aberto.


José Marcelo dos Santos Filho, o conhecido Marcelo caixa d'agua de Mãe Luiza preso com moto roubada na ZN

Após realizarem barreira policial na Av. Moema Tinoco, bairro Lagoa azul, Gramorezinho, S N, o foragido Marcelo Caixa d'agua, que conduzia uma moto tipo CG Preta 125, foi abordado pelos guerreiros do 4ºBPM, que logo constataram se tratar de uma moto com queixa de roubo e deram voz de prisão ao setenciado.

José Marcelo dos Santos Filho, o Marcelo da caixa d'agua de Mãe Luiza, ainda firmou: "vacilei em ter vindo aqui para zona norte, os parceiro ainda me avisaram, mais vacilei mesmo".


FINAL DE SEMANA MUITO PRODUTIVO PARA O 4ºBPM, ZONA NORTE DE NATAL/RN

Casal preso depois de praticarem vérios assaltos em toda Natal/RN

Como esses guerreiros não tem descanso no combate ao crime, nesse mesmo final de semana, a dupla de assaltantes que se intitulam de participarem do sindicato do crime, Allysson Lourenço da Silva, 20 anos o (Lalinho) , e Karla Michele Santos de Melo, 24 anos, vinham praticando vários assaltos em Natal. 

Esses Tiveram a triste ideia de roubar na Zona norte, e se depararam com esses bravos policiais, onde foram abordados e presos pela guarnição do fox-07 Tenente Andrade no conjunto Panatis.

Na abordagem, quem conduzia a moto era Karla, onde seu companheiro Allysson Lourenço vinha na garupa, após serem revistados, foi encontrado na posse do garupa um revolver calíbre 38, com numeração raspada.

Os mesmos, foram conduzidos a delegacia de plantão onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante de ambos os ocupantes da motocicleta.

O ditado já dizia: feliz no amor, e literalmente infelizes nas praticas delituosas, e agora irão namorar só no pensamento atrás das grades de nossas prisões.

Parabéns Major Lisboa e seus companheiros policiais do 4ºBPM, porque, o lema por aí não tem outro, Vacilou na zona norte, é ação, prisão e cadeia...



Tenho Dito


Bloqueixas Popular





0 comentários:

POEMAS DE BETO NAZÁRIO (VIVA, MIL VEZES VIVAM)

Um viva aqueles
que indigestos são seus nomes
a mesa de quem nos governam
um viva aqueles sem nome
um viva aqueles que mesmo farto
morrem de fome.

Fome de justiça,
fome de quem não come,
fome do homem
fome da mulher
Fome mesmo daqueles que não quer.

Dos que fingem estar morto,
torto...
mais torto de desgosto
um viva aqueles
um viva literalmente pra eles.

Mais quando expressar-se "VIVA...",
digamos um viva aos mortos
e aos vivos.
pois dos mortos,
tiramos o néctar da flor,
sim aquela flor do amor
QUE MESMO FRÁGIL,
suporta o mal,
e sacoleja o mundo.

E quando abalados pelos caprichos,
que ousam bater em nossas portas.
gritamos viva aos desalentos,
gritamos viva ao descontentamento,
que diante do vento,
visto que certamente
mudará o caprichoso tempo,
e ecoará mais uma vez o NOSSO VIVA.
VIVA...
MIL VEZES VIVAM...


Beto Nazário.

POR ONDE ANDA MEU PÁSSARO

Hoje enquanto dormia
sonhava
que de passos leves caminhava
quando de longe
um grande pássaro
me acompanhava.

E nas batidas de suas asas
simbolizavam
ilusões e angústias
maquiavelicamente incomodava.

Como sem nada
esse pássaro
derrepentemente
volta-se ao sol
e um açoite
ecoa no ar.

O encarnado passou a desbotar
os homens com telhados de vidros
com famintos interesses
negam-se a amar
negam-se a compartilhar.

E nas batidas das asas
do grande pássaro
me vi leve e confuso
através do seu voar
que mesmo junto
no arco-íris,
daltônico...
tive que me acostumar
é solitário o caminhar.

Vai amigo pássaro
e voa para bem longe
e quem sabe um dia
um dia quem sabe
poderemos nos encontrar.

E nas batidas de tuas asas
torna-ciei forte
o velho encarnado
como o azul do MAR.

"E TODOS OS ESTILINGUES VIRARAM SUTIS VIDRAÇAS."




Beto Nazário.

MULHER NORDESTINA HEROÍNA DESDE MENINA

Mulher

A Mulher Nordestina
heroína desde menina
apregada a mainha
como quem não quer nada
abnegada,
aprende a lidar
lidar com a vida,
com a vida lidar.

No entardecer do dia
bem mais tarde do que podia
aniquilada, mais não menos forte
à sorte fica a indagar
se um dia antes de morrer
como uma criança
vai poder brincar.

Nasce já como adulta
criada na labuta
o labor..é seu maior amor

Desperta muito cedim
cantando como um passarim
olê mulher rendeira
olê mulher rendar,
será que um dia
antes de morrer
como uma criança
vou poder brincar?

A mulher Nordestina
é mesmo uma heroína
desde de menina.

Nasce como uma planta
morre como uma flor
sem pétalas, sem rimas
dar seus frutos ao mundo
mais não desatina.

A Mulher Nordestina
desde de menina
é incansávelmente
uma verdadeira heroína...

Beto NazÁrio